Tópicos em alta: outubro rosa / top of mind 2019 / sarampo / CPI dos ônibus / polícia

Corredores: a arquitetura pede passagem

Espaços de transição e passagem são ótimos lugares para deixar a criatividade rolar na hora de pensar na decoração da casa

Por Aletheia Westermann

25/05/2019 às 16h43 - Atualizada 25/05/2019 às 17h07

Muitas vezes, a falta de iluminação, o piso sem graça e as paredes brancas, que comumente recebem apenas um ou outro elemento, tornam os corredores sem vida. Muitas vezes longos, estreitos e anônimos, esses locais de passagem por entre os ambientes e apoio aos demais espaços são, frequentemente, deixados de lado na hora de compor o morar, apesar de serem utilizados inúmeras vezes durante o dia no trânsito de pessoas.

Circulação

A boa circulação de uma casa é essencial para uma relação equilibrada e prazerosa entre a arquitetura e a decoração. Estes espaços são fundamentais dentro de suas respectivas cenas e, nessa transição, conectam o décor entre um ambiente e outro. Por isso, os corredores são sempre desafiadores na hora de projetá-los. Porém, precisam ser bem pensados.

Projeto

Alguns pontos importantes que não podem ser negligenciados no projeto são espaço livre para passagem, boa iluminação e segurança para evitar acidentes. É necessário dedicar especial atenção para os móveis e objetos decorativos. Eles não devem ser largos ou grandes demais, a menos que o espaço permita, pois podem atrapalhar a circulação ou mesmo acabar danificados pela passagem.

Passagem

Mas, se olharmos o corredor como mais que um cômodo de passagem, é possível soltar a imaginação sem medo de que se torne cansativo. Pensando nisso, a iluminação é ponto chave nessa questão. Sozinha, poderia compor um ambiente incrível, além de garantir segurança para andar, principalmente à noite, e criar um clima de aconchego.

 

O conteúdo continua após o anúncio

Papéis de parede

A aplicação de papéis de parede é outro recurso estético muito poderoso. Os papéis de parede são capazes de criar um plano de fundo impactante, trazendo personalidade para o décor. Um mix de cores, padronagens e texturas, sem deixar de lado o equilíbrio estético, traz alma para o local. Optar por paredes escuras é uma forma de alcançar elegância e conforto inigualáveis.

Espaços menores

Para corredores mais justos, quadros e prateleiras estreitas para livros e objetos menores são elementos que contribuem sem diminuir o corredor. Somam-se a isso os espelhos que ajudam a dar amplitude visual.

Identidade

Aproveite estes espaços para exibir itens que falem um pouco sobre a história e os gostos de quem vive na casa, tais como fotos, pôsteres, esculturas, lembranças de viagem ou hobbies. Um olhar mais atento pode revelar a identidade dos moradores da casa.
E prepare-se: o resultado será impactante!

 

Siga também nosso blog.

 

Aletheia Westermann

Aletheia Westermann

Arquiteta e urbanista formou na UFJF EM 2001. Desde então é Arquiteta diretora do escritório Alethéia Westermann Arquitetos. Entre vários trabalhos importantes trabalhou na restauração do Cine Theatro Central em JF, tem projetos desenvolvidos tanto em São Paulo e Rio de Janeiro como no exterior: Em Londres, UK e nos Estados Unidos, nos estados da Florida e Connecticut . É colunista da rádio CBN/JF no programa Morar Bem Arquitetura e Interiores, além de escrever semanalmente para o Jornal Tribuna de Minas no caderno Casa e Cia.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia