Tópicos em alta: outubro rosa / top of mind 2019 / sarampo / CPI dos ônibus / polícia

Puro Deleite: Adegas

Por Aletheia Westermann

28/04/2019 às 07h37 - Atualizada 25/04/2019 às 22h50

Para quem gosta de juntar os amigos, apreciar boas conversas e um bom vinho, certamente já pensou em incluir na decoração da casa uma bela adega, seja ela climatizada ou não.  Além disso, dispor de um espaço adequado para o armazenamento de garrafas é o sonho de todo apaixonado por vinhos.

Projeto do escritório Aletheia Westermann Arquitetos

Mas, quem acredita que este é um item exclusivo para ambientes amplos, engana-se. Vale ressaltar que locais apropriados podem ser planejados em qualquer tipo de espaço, independente da metragem. Além da funcionalidade, as adegas também cumprem papel decorativo e podem protagonizar a sala de estar, a varanda gourmet, ou até ganhar um ambiente só delas. E, se a temperatura do ambiente permitir, é possível armazenar os vinhos em locais abertos, mas longe do sol. A exposição das garrafas irá deixar a decoração mais descolada e divertida.

Porém, alguns cuidados são premissas antes de colocar qualquer projeto em prática. É importante pensar, primeiramente, onde a adega será instalada e, se for climatizada, qual tamanho e modelo ideais para o espaço em questão, além dos cuidados necessários de armazenamento, onde a temperatura e iluminação sejam adequadas para manter a durabilidade da bebida. Luz, umidade e calor exagerados devem ficar bem longe das garrafas.

Projeto do escritório Aletheia Westermann Arquitetos

Antes de instalar a sua adega climatizada, considere as seguintes distâncias mínimas de outros itens para garantir a circulação de ar adequada: 5 cm nas laterais, 5 cm no fundo e 5 cm no topo. Porém, observe também onde ficará a tomada para que não interfira na colocação da adega.

Mantenha as garrafas distantes de locais que sofrem muita variação de temperatura, como perto do fogão. Vale lembrar que temperaturas muito altas aceleram a evolução do vinho e as mais baixas atrasam o desenvolvimento normal da bebida.

O conteúdo continua após o anúncio

Se sua casa possui um porão, ele será o melhor lugar para armazenar seus vinhos. Além de serem naturalmente úmidos, também são frescos e sem incidência direta de luminosidade. Caso não possua, procure espaços com umidade balanceada, a baixa umidade pode causar o ressecamento da rolha e o excesso pode mofar os vinhos.

Projeto do escritório Aletheia Westermann Arquitetos

O vinho também precisa estar em um local que não sofra com a incidência direta da luz solar ou de lâmpadas. A exposição à iluminação excessiva altera a composição molecular do vinho, provocando sua oxidação.

É importante lembrar que a limpeza de uma adega não pode ser feita com produtos que deixam odores, como tintas, colas e desinfetantes, pois as rolhas absorvem os cheiros do ambiente e, com o passar do tempo, acabam passando para o vinho

Curtiu as nossas dicas? Então dá um pulinho no nosso site clicando aqui

Aletheia Westermann

Aletheia Westermann

Arquiteta e urbanista formou na UFJF EM 2001. Desde então é Arquiteta diretora do escritório Alethéia Westermann Arquitetos. Entre vários trabalhos importantes trabalhou na restauração do Cine Theatro Central em JF, tem projetos desenvolvidos tanto em São Paulo e Rio de Janeiro como no exterior: Em Londres, UK e nos Estados Unidos, nos estados da Florida e Connecticut . É colunista da rádio CBN/JF no programa Morar Bem Arquitetura e Interiores, além de escrever semanalmente para o Jornal Tribuna de Minas no caderno Casa e Cia.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia