Tópicos em alta: polícia / chuva / crise fiscal

Santa Casa recebe homenagens no Rio e em Brasília

Presidente Renato Loures recebeu medalhas da Câmara Municipal do Rio de Janeiro e do Ministério do Trabalho

Por Santa Casa

30/12/2018 às 07h00

Duas significativas homenagens prestadas pelo Ministério do Trabalho e pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro, neste fim de ano, ressaltaram a importância para o país do serviço oferecido pela Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora. Em Brasília, o presidente do hospital, Renato Villela Loures, recebeu a comenda da Ordem do Mérito do Trabalho Getúlio Vargas das mãos do Secretário Executivo Substituto do Ministério do Trabalho, Ricardo leite. A solenidade dirigida pelo presidente da República, Michel Temer, no Tribunal Superior do Trabalho (TST), dia 28 de novembro, foi uma forma de reconhecimento às atividades realizadas pela instituição no controle social das políticas públicas de trabalho, emprego e renda em benefício dos brasileiros.

Presidente da Santa Casa JF, Renato Villela Loures, recebeu a medalha em Brasília das mãos do Secretário Executivo Substituto do Ministério do Trabalho, Ricardo Leite (Foto: Giovanna Bembom/TST)

Já em 18 de dezembro, o presidente da Santa Casa foi agraciado com a Moção e a Medalha Pedro Ernesto pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro. A premiação que leva o nome do ex-prefeito do Rio foi entregue no Salão Nobre do Hospital pelo vereador Alexandre Isquierdo. “Esta é a maior comenda da Câmara do Rio de Janeiro e entregamos como forma de agradecimento ao ótimo serviço prestado ao Bolsonaro e a tantas outras pessoas que buscam atendimento aqui há 164 anos”, disse o vereador.

Renato Villela Loures e Alexandre Isquierdo, vereador da Câmara Municipal do Rio de Janeiro (Foto: Aline Bastos)

Renato Loures agradeceu e destacou que o hospital estava preparado para atender o então candidato Jair Bolsonaro, que levou uma facada no abdômen durante ato de campanha na cidade, no dia 6 de setembro. “O acidente com o Bolsonaro demonstrou ao Brasil e ao mundo aquilo que a Santa Casa já fazia e estava preparada, atendimento de qualidade e segurança do paciente.”

O conteúdo continua após o anúncio

E exatamente por ter constatado a qualidade do serviço prestado no hospital, o presidente eleito, enquanto deputado federal, propôs uma emenda impositiva no valor de R$ 2 milhões direcionada à Santa Casa . O recurso, segundo Renato Loures, será empregado exclusivamente no atendimento aos pacientes do SUS. Além desse total, a instituição recebeu R$ 1.350 milhão de uma campanha realizada por admiradores de Bolsonaro em agradecimento à cirurgia feita em Juiz de Fora. “O dinheiro será destinado à construção de dez leitos de CTI. Se o valor for inferior ao custo, a Santa Casa vai complementar com recursos próprios”, informou o presidente da instituição.

Maior número de transplantes em Minas

Hospital de ensino credenciado pelo Ministério da Saúde para alta complexidade em cirurgias cardíacas, neurológicas, ortopédicas e de traumatologia, a Santa Casa é hoje a instituição que mais realiza transplantes de rins em Minas, ficando entre as primeiras no Brasil, conforme levantamento da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), referente ao período de janeiro a setembro de 2018. O hospital tem também destacada atuação em transplantes de fígado, pâncreas e córnea. “Temos ainda uma maternidade de alto risco que realiza uma média de dois mil partos por ano. Somos um hospital misto, atendemos SUS e operadoras de plano de saúde, sendo que 71% dos procedimentos são realizados em atendimento ao paciente do sistema público”, informa Renato Loures.

A Santa Casa, que é uma entidade filantrópica, realiza uma média de 7.700 atendimentos de urgência e emergência e 1.650 internações. “Há nove anos nós investimos em pessoas, processos e infraestrutura, a fim de garantir a qualidade do nosso serviço e a satisfação de nossos clientes. Somos um hospital acreditado ONA e com ISO 9001: 2105, o que significa que a Santa Casa se prepara e se qualifica para um bom atendimento”, concluiu Renato Loures

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia