Tópicos em alta: polícia / chuva / crise fiscal

Passeie por museus, como o recém-reformado Ferroviário

Confira os destaques da programação da Primavera dos Museus, com programação no Museu Mariano Procópio, Museu de Arte Murilo Mendes (Mamm) e Museu Ferroviário

Por Júlia Pessôa

21/09/2018 às 07h00

Promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), a Primavera dos Museus, realizada em diversas cidades do país, traz programação especial a três museus de Juiz de Fora: o Mariano Procópio, o Museu de Arte Murilo Mendes (Mamm) e o Museu Ferroviário. Com o tema “Celebrando a Educação em Museus” em sua 12ª edição, a temporada de eventos propõe reflexão sobre uma das principais funções do museu como instituição: educar e contribuir no despertar de interesse para diferentes áreas do conhecimento. Iniciada no último dia 17 (segunda-feira), a agenda cultural vai até domingo (23). Para você não perder o que vai rolar no fim de semana, fizemos um apanhado resumindo as atrações locais nas três instituições.

Mamm

(Foto: Leonardo Costa)

Dois eventos ocorrerão simultaneamente, às 14h, na sexta-feira (21): o “Biblioteca para a terceira idade”, com leitura mediada de excertos dos livros “A Idade do Serrote” e “Chronicas Mundanas”, de Murilo Mendes; e “Laboratórios de portas abertas”, uma visita mediada aos laboratórios de restauro do museu. Ainda na sexta, o Mamm promove, das 20h às 21h30, o recital de canto e piano com Fernando Vago (piano), Juliana Costa (piano) e Guilherme Oliveira (canto), com peças variadas, incluindo Beethoven, Bember, Dorival Caymmi, entre outros. No sábado e domingo (22 e 23), a instituição realiza uma ação educativa em conjunto com os outros dois museus participantes do Primavera, com visitas orientadas pelos alunos do curso de turismo da UFJF, mediante inscrição (mas que já estão encerradas). O museu funcionará em horário especial durante a programação diferenciada.

Rua Benjamin Constant 790, Santa Helena
Horário: Nesta sexta-feira, das 9h às 22h, sábado e domingo, do meio-dia às 18h
Tel.: 3229-9070

Museu Mariano Procópio

(Foto: Leonardo Costa)

Na sexta, (21), dando continuidade à programação da semana, haverá visitas mediadas (com destaque para os jardins do museu, a história da família Ferreira Lage, os prédios históricos e a exposição “Esplendor das formas”); a campanha educativa “O que é o museu”, com alunos da rede municipal de ensino; exibição contínua do filme “Vozes da memória” em um telão na Galeria Maria Amália; a exposição “A arte do tempo”, com relógios do acervo do museu; e exposição interativa que serve de complemento à experiência do visitante na galeria.

Ainda na sexta-feira, será realizado, às 15h, um “aulão no museu’, ação educativa aberta às instituições de ensino interessadas em promover aulas externas no parque da instituição. Às 16h, o Coro Acadêmico da UFJF se apresenta na Galeria Maria Amália.

O conteúdo continua após o anúncio

No sábado (22), o museu sedia “Encontros no Jardim”, a partir das 9h, oferecendo oficinas, brincadeiras e música. Mais tarde, às 14h, tem atividade conjunta com o Mamm e Museu Ferroviário, por meio dos alunos do curso de turismo da UFJF e “Brincadeira de livros”, com cantinho da leitura, venda de livros infantis e outras atividades. No domingo (23), a única atividade programada no museu é a oficina de palhagologia, que começa às 8h30, sobre o universo da palhaçaria, do improviso, do corpo cômico e a relação com as crianças.

Rua Mariano Procópio 1100, Centro
Horário: Sexta, das 10h às 17h (galeria) e das 8h às 18h (parque); sábado e domingo, das 8h às 18h (parque)
Tel.: 3690-2200

Museu Ferroviário

(Foto: Leonardo Costa)

Além das atividades conjuntas com Mamm e Mariano Procópio, o Museu Ferroviário terá, nesta sexta um aulão coordenado pelos professores Waldyr Imbroisi, Jodenir Souza e Henrique Chaves, cujo tema será “o conhecimento, os estudos e o saber através dos tempos”, realizado às 18h, aberto ao público. Fechado para reforma, o museu terá seu acervo reaberto para visitação a partir deste sábado, com nova identidade visual. Além disso, o público poderá ver as locomotivas na área externa da instituição.

Na sexta (21), o museu recebe o grupo de pesquisa e criação Amplitud, que apresentará “268 dias depois.” (foto), uma performance com aparelhos e habilidades circenses, às 20h, em um trabalho que aborda a força vital geradora e da gestação e acaba florescendo em um despertar para a condição da mulher na contemporaneidade. A atração é paga, e informações sobre preços e lista amiga podem ser obtidas por telefone. No sábado (22), haverá Encontro de Colecionadores das 10h às 14h.

Avenida Brasil 2001, Centro
Horário: Sexta-feira: das 9h às 21h; sábado: das 9h às 14h
Tel.:3690-7055

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia