Tópicos em alta: polícia / chuva / crise fiscal

Câmara de JF adia votação de reforma administrativa da PJF

Apreciação da matéria em primeiro turno acabou adiada por pedido de vista do vereador Betão

Por Tribuna

10/01/2019 às 07h00

O projeto de lei que trata da reforma da estrutura administrativa da Prefeitura de Juiz de Fora, de autoria do próprio Poder Executivo, apareceu pela primeira vez na pauta de votação da Câmara na sessão desta quarta-feira (9). A apreciação da matéria em primeiro turno, no entanto, acabou adiada por pedido de vista do vereador Roberto Cupolillo (Betão, PT). Entre as mudanças propostas, estão a incorporação e fusão de secretarias municipais, resultando em um menor estrutura administrativa, e a redução de cargos comissionados.

O conteúdo continua após o anúncio

Líder do Governo, o vereador Júlio Obama Jr. (PHS) afirmou que já fez um convite para que alguns dos secretários municipais que participaram da elaboração do projeto da reforma legislativa compareçam à Câmara para detalhar a proposição para os vereadores. “A máquina representa um peso enorme para o contribuinte”, afirmou o parlamentar, destacando que o texto visa a melhorar os processos administrativos, além de conferir maior transparência à administração municipal e combater práticas nocivas, como, por exemplo, maiores regras para evitar atos de nepotismo.
O texto volta a ser debatido nesta quinta-feira, mas já há sinalização de que seja feito um novo pedido de vista, o que poderia inviabilizar a possibilidade de aprovação da matéria em caráter definitivo ainda no período legislativo de janeiro.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia