Tópicos em alta: polícia / chuva / crise fiscal

Aílton é cauteloso para falar sobre permanência no Tupi

Técnico diz que estuda proposta de outro projeto e que permanência em Juiz de Fora vai depender de oferta carijó

Por Bruno Kaehler

21/09/2018 às 17h00

“Ainda não nos reunimos, falei com o Nicanor que vou estar na cidade provavelmente na semana que vem. Não posso te falar nada sobre o futuro nesse momento porque tenho ver o que eles vão oferecer”, relatou Aílton à Tribuna (Foto: Leonardo Costa)

Após a confirmação da a permanência do diretor de futebol do Tupi, Nicanor Pires, para a temporada 2019, no início dessa semana, o Galo já estudar nomes para a construção do novo elenco. No comando do time, Aílton Ferraz é o preferido da cúpula alvinegra. Contudo, a sequência do treinador é tratada com cautela pelo próprio profissional. À Tribuna, Aílton adotou discurso cuidadoso ao projetar a possibilidade de extensão de vínculo.

“Ainda não nos reunimos, falei com o Nicanor que vou estar na cidade provavelmente na semana que vem. Não posso te falar nada sobre o futuro nesse momento porque tenho ver o que eles vão oferecer. Recebi algumas propostas e inclusive estava conversando sobre um projeto em um outro clube”, relata o técnico. A possibilidade de iniciar o trabalho em um ambiente já conhecido também foi comentada pelo treinador. “É algo que atrai qualquer técnico. Iniciar um projeto, não ter que pegar o carro andando, é o ideal para um trabalho. Mas ainda teremos que conversar”, destaca.

O conteúdo continua após o anúncio

O treinador chegou ao Tupi neste ano restando quatro rodadas para o fim da primeira fase da Série C. Com o clube na vice-lanterna, ele não conseguiu evitar o rebaixamento alvinegro. O comandante, porém, desfruta de boa aceitação da torcida e diretoria, isentado de culpa, inclusive, no descenso.
Na primeira passagem de Aílton em Juiz de Fora, no entanto, após chegar nas quartas de final da terceira divisão brasileira, o ex-jogador não renovou com o Tupi por incompatibilidade financeira. Esse aspecto, na ocasião, foi fator primordial para que ele deixasse o clube.

 

Tópicos: futebol / tupi

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia